Voltar para Página principal
Em Especiais de Cinema, Notícias

Top 5 Melhores Filmes de Terror de 2017

  • 20 de outubro de 2017
  • Por Gabriella Tomasi
  • 0 Comentários
Top 5 Melhores Filmes de Terror de 2017
No votes yet.
Please wait...

Outubro é o mês das bruxas, o mês do Halloween e mês de pedir doces e travessuras. O ano de 2017 está sendo um ano rico em filmes de terror e, felizmente, em meio a inúmeros resultados desastrados, conseguimos também ser agraciados com muitas surpresas boas.

Se você está procurando algum filme bom pra assistir você chegou ao lugar certo. O Ícone do Cinema lista o Top 5 Filmes de Terror que estrearam em 2017 pra você não perder nenhum lançamento.

Confira nossas escolhas!

 

1.Corra! – Nota: 5,0/5,0

Corra!

(…)Este longa vai te fazer refletir acerca do preconceito velado que é tão presente na sociedade e tão presente no cotidiano, como o fato de se aproximar de um negro afirmando que votaria novamente em Obama ou que gosta e conhece Tiger Woods por exemplo como uma forma de fazer amizade e se auto-afirmar como uma pessoa nada racista, quando de fato está sendo. Dessa forma, desconstituindo o ambiente e a imagem da “família harmoniosa e perfeita do subúrbio americano”, o filme para tanto lida com situações praticamente surreais, mas que se tratam de verdades escondidas acerca do racismo em forma de sátira.(…) Leia a crítica completa

2. Mãe! – Nota: 5,0/5,0

mãe!

(…)A câmera que não desgruda um segundo de Jennifer Lawrence serve não somente para imprimir a sua perspectiva dos acontecimentos, mas também para que o espectador possa sentir o que ela sente, ver o que ela vê, o que é muito eficaz: ficamos bravos, tristes, confusos, claustrofóbicos, agoniados, invadidos e perdidos como ela, por meio dos planos tremidos, desfocados e muitas vezes fora de controle, a depender do caos da situação. Percebemos então como o mundo em sua volta é hostil, perigoso e assustador(…) Leia a crítica completa

3. Grave – Nota: 5,0/5,0

Grave

(…)Se em Santa Clarita Diet o canibalismo era retratado em seu formato cômico, mas ao mesmo tempo visceral, Grave faz jus ao título em seu original quando adota uma abordagem muito mais direta e impactante da verdade “nua e crua” acerca desse mesmo universo, que é de difícil digestão pelo espectador mais frágil(…) Leia a crítica completa. 

4. Ao Cair da Noite – Nota: 5,0/5,0

Ao Cair da Noite

(…) o trabalho de Shults para desenvolver esses elementos é simplesmente impecável, porque por mais que esperemos um monstro ou um antagonista físico que aterroriza pessoas decentes e de boa-fé (como de costume em filmes do gênero), o cineasta pouco a pouco vai desconstruindo esses mitos e expectativas do espectador para conduzi-lo a algo muito mais profundo que qualquer outro rumo que a narrativa poderia ter tomado. (…) Leia a crítica completa.

5. It: A Coisa – Nota: 4,0/5,0

 

It: A Coisa

(…)Porque a obra literária de King é muito mais do que mortes por um palhaço. Ao contrário, este é um filme sobre medos, angustias e tristezas em um mundo cercado de violência e opressão. Neste sentido, Muschietti entendeu que para tanto seria necessário explorar a realidade brutal da juventude e cada um de seus protagonistas, o que de fato o faz(…) Leia a crítica completa.

Bônus:

Fragmentado – Nota: 4,0/5,0

Fragmentado

(…)É fato que, pela sua experiência, o cineasta compreende a fórmula para uma boa narrativa de suspense que Hitchcock inclusive desde muito tempo já ensinava e defendia: mesmo que todas as informações necessárias estejam ao nosso alcance acerca da situação dos personagens, nossa expectativa sobre o que ocorrerá em seguida sempre é testada, utilizando, para tanto, o elastecimento das cenas e adiando ao máximo o ato narrativo subseqüente.  É neste aspecto que Fragmentado funciona, e muito bem.(…) Leia a crítica completa.

Por Gabriella Tomasi, 20 de outubro de 2017 Crítica de cinema, autora do site Ícone do Cinema, colunista para o site Cabine Cultural, membro do Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema - ELVIRAS. É escritora e tradutora voluntária para a ONU.

Gabriella Tomasi

Crítica de cinema, autora do site Ícone do Cinema, colunista para o site Cabine Cultural, membro do Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema - ELVIRAS. É escritora e tradutora voluntária para a ONU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação de Segurança *

Encontre-nos no instagram

@