Voltar para Página principal
Em Animação, Festivais

Crítica: Volta às Aulas ( La Rentrée des Classes, França, 2016) | My French Film Festival

  • 6 de fevereiro de 2017
  • Por admin
  • 0 Comentários
Crítica: Volta às Aulas ( La Rentrée des Classes, França, 2016) | My French Film Festival
Rating: 1.0. From 1 vote.
Please wait...

Dirigido e roteirizado por Stéphane Aubier e Vincent Patar. Elenco de vozes: Bruce Ellison, Stéphane Aubier, Vincent Patar.

Ninguém gosta ou gostou alguma vez da escola quando éramos jovens. Estudar, fazer trabalhos, lições de casa e, principalmente, a sofrível semana de provas são temidos em algum momento de nossas vidas. Esse é o tema centra de Volta às Aulas, o curta-metragem animado que estréia na categoria de “Nós Somos Família” do festival online de cinema francês.

Cowboy e Índio são dois amigos que moram juntos em uma cidade do interior e acordam contentes, ansiosos para sua viagem reservada em um cruzeiro de luxo. Porém, o cavalo, outro amigo que mora ali, informa-os de que é impossível eles viajarem naquele dia, eis que era o primeiro dia de aula, após as férias escolares.

Decepcionados, e ainda em clima de festas, ambos amigos tentam sabotar o dia para se livrar da obrigação de realmente ir à aula. Além de perder o ônibus, jogar cartas durante uma aula de química, negligentes com as próprias tarefas, Cowboy e Índio somente despertam interesse quando há um concurso anunciado pela diretora da escola que possibilitaria uma viagem à lua, ou seja, uma viagem muito mais interessante do que aquela do cruzeiro. No entanto, somente ganhará aquele que obtiver sucesso em desvendar uma conta matemática.

la-rentree-des-classes

La Rentrée des Classes (Foto por IMDb)

Neste quesito, é muito interessante a forma como a referida competição é desenvolvida, eis que fica cada vez mais evidente a forma como humanos negligenciam o próprio estudo. Ao contrário, em talvez uma referência à inteligência dos animais em A Revolução dos Bichos do escritor britânico George Orwell, todos os alunos que são animais se propõem à longas horas de estudo e, não coincidentemente, quem consegue resolver a conta é um porco. Da mesma maneira, Cowboy e Índio tentam de todas outras as formas possíveis para encontrarem a solução do problema de matemática, exceto a de efetivamente ler um livro. E o único que os incentivam a fazer um trabalho sério é seu amigo cavalo. Uma abordagem igualmente repetida na tentativa de o dono dos animais ajudar na tarefa de seus bichinhos “trapaceando”.

A proposta deste curta animado é bem interessante a princípio e pode ser relacionável a qualquer idade na medida em que alguma vez em nossas vidas, estudar foi um fardo e “trapacear” nas provas e testes é uma prática nada rara. No entanto, a maneira como ela foi executada não traz nenhuma mensagem relevante ao público-alvo que mais lhe interessa: o infantil. Ao invés disto, o seu desfecho pode implicar em não somente diminuir a importância do estudo e da escola de uma maneira geral, mas também pode eventualmente incentivar as próprias sabotagens e artimanhas que seus personagens principais utilizam para evitar a escola.

Ao final, a impressão que fica é que quem é “malandro” se dá bem, consegue o que quer. E muito embora haja censura, eles não se dão conta do que acabam de perder. Perceba-se como na conclusão do curta, Cowboy e Índio foram severamente penalizados pelos os atos reprováveis que cometeram quando descobertos, porém, além de não demonstrarem nenhum remorso, parece que eles permaneceram satisfeitos pelo fato de não precisarem ir mais à escola.

Até pode parecer um entretenimento válido, quando os protagonistas sempre se dão mal quando agem ardilosamente e o seu futuro chega a ser incerto, mas é lamentável que este tipo de ponta solta em produções de animação abra portas para a possibilidade de valores fundamentais de seu público-alvo serem distorcidos.

Texto originalmente publicado pela autora como parte de sua cobertura ao festival de cinema online francês My French Films.

Por admin, 6 de fevereiro de 2017
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação de Segurança *

Encontre-nos no instagram

@iconedocinema